Atividades

Natal de partilha e solidariedade na Quinta dos Fidalgos

Na quinta dos Fidalgos a festa de Natal teve por objetivo, não apenas divertir as crianças e brincar com o Pai Natal, mas também promover os valores da partilha e da solidariedade. Cada criança trouxe de casa um brinquedo que já não usava, depois foram todos embrulhados e feita a distribuição de novo. Desta forma, cada um levou para casa um brinquedo “novo”, percebendo que da troca e da partilha também se faz o Natal e que nem sempre é necessário comprar brinquedos novos para se descobrir uma brincadeira diferente. Os colaboradores do estabelecimento mostraram todo o seu talento quando levaram à cena a peça “Ninguém dá prendas ao Pai Natal”. Neste teatro as personagens das histórias tradicionais juntaram-se para levar uma prenda ao Pai Natal que, dessa forma, ficou muito feliz por também ser lembrado nesta época do ano. Mas, mais importante do que as prendas materiais, foi o desenvolvimento dos valores da amizade e união, que estiveram sempre presentes em todas as iniciativas.

As crianças da Quinta dos Fidalgos também foram entregar postais de Boas Festas à comunidade, em Vila Franca de Xira, sendo muito bem recebidas nas lojas e em todos os locais por onde andaram a distribuir sorrisos e votos de feliz natal. Em troca foram presenteadas com muito carinho e ainda alguns brinquedos, doces e bolachinhas. O espírito natalício esteve sempre presente nos Fidalgos durante o mês de dezembro.

     

Descobrir o corpo a brincar

As crianças do grupo dos 4 anos da Quinta dos Fidalgos têm vindo a desenvolver o projeto “Brincando, Descubro o Corpo”, temática que surgiu a partir de algumas questões e dúvidas levantadas pelas crianças: “porque bate o coração?”, “onde temos músculos e o que é isso?”, “para que servem os olhos?”, “porque conseguimos andar?”…

Entre tantas questões, foram sendo descobertas respostas e curiosidades através de pesquisas feitas em sala e com a ajuda dos pais através de livros e jogos. Também foram organizadas algumas atividades associadas às novas descobertas do corpo humano e, por fim, as crianças sugeriram fazer um pequeno teatro para divulgar o projeto. Este projeto foi desenvolvido, em simultâneo, na sala e no atelier, onde as crianças de prepararam e ensaiaram o teatro, que depois foi apresentado aos pais e à comunidade escolar em geral.

Este projeto teve como principal objetivo proporcionar às crianças um conhecimento geral do que é o corpo humano e dos orgãos que o constituem, bem como promover a desinibição através do teatro e de coreografias, estimular e conhecer melhor os cinco sentidos, aplicar conceitos básicos de higiene e saúde. Alguns destes conceitos, comuns a todos os seres humanos, foram desenvolvidos tendo em conta o bem-estar do indivíduo na comunidade em que está envolvido, relacionando-se com equilíbrio e harmonia com outras pessoas dessa mesma comunidade, identificando e analisando as diferenças, conceitos, preconceitos, características, valores de toda uma sociedade na qual está inserido. Trata-se de uma partilha de conhecimentos e aprendizagens, mas também de valores e conceitos básicos que as crianças devem ter para viver em sociedade.

 

Outono: tempo de castanhas e muita criatividade na Quinta dos Fidalgos

As crianças do equipamento da Quinta dos Fidalgos comemoraram o São Martinho, não apenas com castanhas, mas também com muita criatividade. No dia 11 de novembro foi apresentada uma peça de teatro, realizada pelo grupo das crianças dos 5 anos, onde estas aplicaram a técnica das sombras. A peça, intitulada “O Casamento da Srª Noz com o Sr. Diospiro”, foi um sucesso entre as crianças e constituiu um momento muito criativo e animado. Como acontece em todos os casamentos, no final do teatro houve festa e banquete, desta vez com muitas castanhas, ou não estivéssemos no São Martinho!

Por sua vez, as crianças da sala dos 3 anos A apresentaram o seu projeto “Circo Fantasia”. “O circo é um espetáculo!”, esta frase dita por uma das crianças serviu de mote para o projeto que agora se inicia. A partir de uma simples exclamação surgiram variadas questões para as quais os mais pequenos quiseram obter resposta: “o que é uma tenda”, “quem trabalha no circo”, “que animais lá existem”, “quem é o domador”. Estas foram apenas das dúvidas que foram surgindo às crianças e que permitiram iniciar uma investigação sobre o circo, um trabalho que vai percorrer várias temáticas, desde as profissões aos animais, passando pelo mundo do espetáculo e pelos bastidores do que aqui acontece. No atelier foi sendo preparado um espetáculo de circo, tarefa em que as crianças se envolveram com grande empenho. Cada um escolheu o artista circense que queria representar, decorou-se o espaço, fizeram-se os fatos, os convites, ensaiaram-se os números, tudo com muito entusiasmo e orgulho do trabalho feito. A colaboração dos pais também foi essencial na preparação deste trabalho que depois foi apresentado a toda a comunidade escolar. As crianças mostraram os seus “números de circo” e provaram que a brincar também se aprende e muito! Este projeto vai continuar em desenvolvimento e a temática do circo, por ser tão rica em tantas vertentes, vai proporcionar mais e diferentes formas de aprendizagem sobre várias matérias. O espetáculo vai continuar!

 

Há gato na horta… e muita amizade!

As crianças da Quinta dos Fidalgos têm vindo a desenvolver o projeto “A nossa horta”, uma atividade que concilia várias temáticas e desenvolve diversas vertentes da aprendizagem dos mais pequenos. A valorização do meio ambiente, das práticas ecológicas e da profissão de hortelão, por exemplo, são alguns dos aspetos que as crianças têm apreendido e que lhes permite assimilar a importância de um desenvolvimento sustentável do meio que as rodeia. Valorizar o trabalho da terra e o meio ambiente no âmbito escolar e promover esta mensagem junto de pais e irmãos, em casa, é outro grande objetivo das atividades que têm sido desenvolvidas. Além do carácter pedagógico e educativo, o projeto da horta pretende proporcionar experiências práticas às crianças. Desde setembro, muitas têm sido as atividades em que os mais pequenos têm posto as mãos na terra: semear e plantar legumes e vegetais, dividir os canteiros, realizar identificadores, construir regadores, cuidar, observar e registar o crescimento das plantações, fazer espantalhos, construir e pintar a cerca, entre outras. Tudo sempre com a ajuda do Sr. Silvino, o jardineiro e hortelão da Quinta dos Fidalgos. Como todas as crianças nutrem grande simpatia e amizade pelo Sr. Silvino, quiseram chamar a este espaço a “Horta da Amizade”.

E assim nasceu este espaço especial, que se tornou ainda mais encantador para as crianças quando começaram a encontrar gatos bebés abandonados de cada vez que visitavam a horta. As pequenas crias refugiaram-se no nosso espaço verde e o Sr. Silvino recolheu-as, dando oportunidade às crianças de brincarem com os animais, cuidarem deles e aprenderem também sobre este tema, enriquecendo cada vez mais cada visita à horta. Por causa dos gatinhos acabou por surgir um mini projeto associado à horta a que foi dado o nome “Aqui há gato”. A este propósito foi preparada uma peça de teatro, fruto da parceria entre o trabalho da educadora e da atelierista Sancha, que permitiu às crianças participarem em mais este projeto coletivo, promover a desinibição através de apresentações de danças, coreografias e representações e apresentar aos pais e comunidade escolar o trabalho realizado na horta. Este teatro foi apresentado no dia 1 de novembro e acolhido com muito carinho por todos.

   

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

 
   
 
Subscrever RSS Email