• Quinta dos Bacelos – Rondulha - Estrada do Casal da Coxa, 18 - Vila Franca de Xira

  • (+351) 263 287 200 (chamada para a rede fixa nacional)

/fileuploads/Noticias/_diamundialdecombateaobullyng.png
Dia Mundial de Combate ao Bullying 
O Dia Mundial de Combate ao Bullying é uma data que pretende alertar as famílias e comunidade, concretamente a escolar, para um fenómeno presente na nossa sociedade. Além de alertar, é importante sabermos a que se refere e os sinais de alerta para a identificação precoce de situações de bullying e o que leva ao seu combate. 

Assim, o bullying pode ser definido como um comportamento agressivo, violento e com o intuito de humilhar o outro, de forma intencional e reiterada. Deste modo, existe um elemento dominante (agressor) que exerce o seu poder perante o outro (vítima) sempre com o objectivo de controlar e prejudicá-lo. Para além dos intervenientes diretos, existem ainda os observadores, que assistem a este fenómeno. Os observadores podem ser os apoiantes do agressor, os indiferentes ou os defensores da vítima. 
O bullying distingue-se por acontecer ao longo do tempo e, normalmente, no meio escolar. Contudo, pode verificar-se fora deste ambiente, como exemplo, nos transportes e via internet, através das redes sociais, sendo denominado cyberbullying. 
Neste sentido, a comunidade escolar (alunos, professores, auxiliares e pais) têm, mais do que nunca, de estar alerta para identificar precocemente indicadores da existência de práticas de bullying. 

O bullying não é somente agressão física (bater, empurrar), pode assumir ainda diversas formas como: 

- Verbal: difamar, provocar, ameaçar, insultar, gozar, colocar alcunhas ofensivas…
- Sexual: assediar, abusar e/ou tocar de forma não consentida, indesejada e inapropriada;
- Psicológica: coagir, intimidar, discriminar, humilhar…
- Ciberbullying: com a frequente utilização das redes sociais e o acesso às mesmas, assiste-se ao cyberbullying, em que os comportamentos acima referidos, à exceção da agressão física, são transferidos para a internet e transfere-se para além da rede escolar e pode abarca um maior número de intervenientes. 

Tendo conhecimento dos diversos tipos de bullying é de extrema importância saber identificar alguns dos sinais/comportamentos que as vítimas podem manifestar. Os sinais de alerta podem ser: 

 
- Sentirem-se constantemente com medo;
- Existência de queixas de dores físicas permanentes (dores de barriga, de cabeça), sobretudo em tempo letivo e no contacto com determinados colegas;
- Dificuldade de concentração;
- Recusa em ir à escola;
- Alterações de humor; 
- Diminuição do rendimento escolar;
- Surgimento de roupa em desalinho ou estragada; 
- Existência de materiais estragados ou que desaparecem;
- Nódoas negras e feridas, não contando como as fizeram;
- Procura outro percurso para chegar até à escola;
- Isolamento social dentro e fora da escola, entre outros.

Não é apenas importante saber identificar sinais de possível existência de bullying, mas também conseguir compreender alguns sinais/comportamento que o agressor poderá adotar:

- Apresenta necessidade de dominar ou subjugar os outros;
- Consegue o que quer com ameaças e/ou intimidação;
- Zanga-se com facilidade e apresenta pouca tolerância à frustração;
- Mente com frequência; 
- Comportamento de oposição e desafio à autoridade (professor, pais, relacionados); entre outros.

Além disto, é de realçar que são comportamentos que podem ocorrer por outros motivos, pelo que é essencial estabelecer uma comunicação positiva, eficaz e promotora de segurança e confiança com a criança e tentar perceber junto dela a existência destes comportamentos nos diversos contextos, nomeadamente no escolar. O adulto deve incentivar à denúncia do bullying, seja a criança espectador ou alvo do mesmo, como forma de combater este fenómeno. 
Agora que o ano letivo já arrancou é essencial ter com a criança uma conversa acerca do bullying e como podem contar com o adulto. Face ao exposto, o diálogo, a confiança e a conversa aberta acerca de temáticas como esta, ajuda que a criança identifique comportamentos de risco e que os denuncie ao adulto e quebre o ciclo de violência.
Deixo aqui alguns vídeos que podem utilizar com as vossas crianças para reflexão e iniciar o debate acerca do bullying na escola e/ou em casa. 

Irina Ribeiro Crispim 

Psicóloga 

 

Partilhamos alguns vídeos que podem utilizar com as vossas crianças para reflexão e iniciar o debate acerca do bullying na escola e/ou em casa. 

Um ciclo vicioso

O que farias? (8)

O que farias (7)

O que farias? (5)

 

ABEI

Notícias Recentes

ABEI no top 5 "Geração Depositrão"

ABEI no top 5 "Geração Depositrão"

Na 14ª edição do projeto Geração Depositrão, a ABEI conseguiu um lugar no top 5, o que valeu um prémio ao equipamento dos Bacelos.
Órgãos Sociais para o quadriénio 2023-26

Órgãos Sociais para o quadriénio 2023-26

Tomaram posse os Órgãos Sociais da ABEI para os próximos quatro anos.
Assembleia Geral e Tomada de Posse

Assembleia Geral e Tomada de Posse

Assembleia Geral e Tomada de Posse dos Órgãos Sociais para o quadriénio 2023/2026
Selo de Boas Práticas de Intervenção Social distingue ABEI

Selo de Boas Práticas de Intervenção Social distingue ABEI

A Escola da ABEI foi novamente distinguida com o “Selo de Boas Práticas de Intervenção Social”, da Plataforma Supraconcelhias da Grande Lisboa e Oeste da Rede Social, desta vez com o projeto Ecologia Interior +SER.
Assembleia Geral de Sócios

Assembleia Geral de Sócios

Convoca-se a Assembleia Geral de Sócios da ABEI para o dia 6 de dezembro, pelas 18h00, no Auditório da Quinta dos Bacelos.

Consulte a conovocatória, bem como a ordem de trabalhos, no documento em anexo.

Processo eleitoral na ABEI 

Processo eleitoral na ABEI 

Informam-se todos os associados que está aberto o processo eleitoral na ABEI.
<strong></strong>Dia Mundial de Combate ao Bullying 

Dia Mundial de Combate ao Bullying 

O Dia Mundial de Combate ao Bullying é uma data que pretende alertar as famílias e comunidade, concretamente a escolar, para um fenómeno presente na nossa sociedade. Além de alertar, é importante sabermos a que se refere e os sinais de alerta para a identificação precoce de situações de bullying e o que leva ao seu combate. 
Dia Mundial da Saúde Mental

Dia Mundial da Saúde Mental

A saúde mental tem ganho relevo e a sua importância tem vindo, cada vez mais, a ser valorizada. Contudo, ainda é necessário desmistificar alguns preconceitos, sendo o mais comum de que o psicólogo “é para malucos”!

Nada disso. Este dia serve para quebrar tabus e para dar a conhecer o papel de enorme importância dos profissionais de saúde mental, nomeadamente, o psicólogo.

ASSEMBLEIA GERAL DE SÓCIOS

ASSEMBLEIA GERAL DE SÓCIOS

Vai realizar-se, no dia 22 de junho, a Assembleia Geral da ABEI.

A Assembleia terá início pelas 18h, no Auditório da Quinta dos Bacelos.

Aniversário da ABEI junta mais de 200 pessoas em Vila Franca

Aniversário da ABEI junta mais de 200 pessoas em Vila Franca

Aos 47 anos, a ABEI tem cada vez mais energia! A instituição celebrou o aniversário a 13 de maio e a festa fez-se no dia seguinte, com um peddypapper muito animado, que juntou mais de duas centenas de pessoas em Vila Franca de Xira.
Peddypapper Aniversário da ABEI

Peddypapper Aniversário da ABEI

A ABEI faz 47 anos a 13 de maio e, no dia 14, sábado, vamos comemorar a data com um PEDDYPAPPER em Vila Franca de Xira!
AJUDAR SEM GASTAR COM O SEU IRS

AJUDAR SEM GASTAR COM O SEU IRS

Decida que instituição ajudar com a consignação do seu IRS.
É uma atitude que não tem custos para si e vai estar a AJUDAR SEM GASTAR.
Como falar da guerra às crianças

Como falar da guerra às crianças

É praticamente impossível escapar às notícias sobre a guerra na Ucrânia. Como devemos explicar o assunto às crianças e o que lhes devemos contar? Neste artigo, a psicóloga da ABEI dá algumas dicas para que os pais possam lidar melhor com esta realidade.
Assembleia Geral de Sócios

Assembleia Geral de Sócios

Vai realizar-se, no dia 30 de novembro, a Assembleia Geral da ABEI.
ABEI distinguida com "Selo de Boas Práticas 2021"

ABEI distinguida com "Selo de Boas Práticas 2021"

O trabalho da ABEI em dois projetos - um sobre alimentação e outro sobre a criação de laços na Unidade de Saúde - foi reconhecido com o "Selo de Boas Práticas 2021".